Sunday, 23 July 2017

Vai e sê muito feliz

Nunca tivemos um relacionamento facil.
Nestes ultimos dois anos e meio fiz tudo o que pude para te dar uma nova vida, e na minha arrogancia achei que te poderia salvar. Queria no meu egoismo, ter-te ao meu lado mais tempo, mesmo sabendo que preferias partir. Pedi-te que lutasses, que valeria a pena, nao tendo em conta o teu sofrimento, o teu desejo de liberdade. Desculpa!
Houve momentos em que desesperei, que perdi a paciencia, e que no meio da tua insanidade, duvidei e quase perdi a minha. Perdoa-me!
Nao estava preparada para te perder agora.
Disseram-me que foi rapido e que nao sofreste. Melhor assim.
Apesar de estar exausta e no limite das minhas forças, nao te queria ver partir ainda.
Gostava mesmo muito ti, Mãe. Vai em paz. Espero que estejas bem e que finalmente sejas feliz!

Monday, 3 July 2017

Blog e afins

Comecei este blog numa altura em que só trabalhava em part-time e tinha tempo para me dedicar a registar pequenos momentos que de alguma forma tinham a ver comigo e com nossa nova vida no UK. Quando voltei a trabalhar a tempo inteiro, o blog tornou-se quase inexistente pois se mal tinha tempo para ver/estar com minha a familia, quanto mais para registar o que quer que fosse.

Mas parece que a vida tinha outros planos para mim e durante tempos menos bons, onde voltei a ter muito tempo entre maos, regressei algumas vezes ao blog para reler pequenos pormenores da nossa vida que de outra forma teriam ficado esquecidos da minha memoria. Tenho pena de nao ter conseguido registar melhor alguns desses lugares por onde temos passado, momentos em familia, pensamentos ou mesmo pequenas tiradas que me fazem sorrir.
Por isso quero deixar registada a sms que a M. me enviou um destes dias, para que num futuro distante eu possa voltar aqui e  sorrir...

M: " Just left watford, sorry I didn't message soober"
M:   sooner*

Acho que é a isto a que se chama um acto falhado, ou como se diz na giria popular fugiu-lhe a boca (neste caso os dedos) para a verdade...

"Ser feliz não é ter uma vida perfeita. Não existem vidas perfeitas. Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os obstáculos, de todas as dificuldades, frustrações e perdas. Ser feliz não é ter tudo o que queremos. É conquistar o que precisamos sem nunca perder de vista a nossa essência, a fibra e a massa de que somos feitos, o lugar de onde viemos, as raízes que nos seguram e, tão importante, quem nos dá a mão ao longo do caminho."
>>creditos texto: As 9 no meu blog