Monday, 9 August 2010

Como tudo começou...

Há 5 anos atrás viemos para este país trazendo apenas na bagagem o que era possível. Para trás ficou, toda uma vida, a ganhar pó...

Há já algum tempo que queriamos trazer a nossa "casa" para cá mas só agora reuníamos as condições necessárias. Quando fomos pedir orçamentos às empresas de transportes, os valores eram altissimos. Então aqui o maridão começou por explorar outras opções. Como o R tem carta de pesados (apesar de eu nestes 12 anos nunca o ter visto conduzir um!) e de calculadora na mão acabamos concluindo que se comprassemos um pequeno camião (7.5t) e fizessemos nós mesmos a mudança, a viagem sairia bastante mais em conta, além de que poderiamos ir parando onde quisessemos e aproveitar para desfrutar um pouco de novos lugares. Estilo 2 em 1. E assim foi.

Quanto mais a data se aproximava, mais ansiosa eu ficava...
Seriamos nós capazes de concretizar tal ambição?
Mas assim que entramos no ferry, para a travessia de 2h que liga Dover a Dunkerque, comecei a relaxar. Afinal não poderia estar em melhores mãos...

P.s. As cadeiras de massagem do Kings Road Lounge tb deram o seu contributo :))

17 comments:

Carla said...

Ena que loucura

Comprar um camiao!!

Bela ideia, mas uma que ainda nao me tinha passado pela cabeca

Muito bem!!!

Estou ansiosa de ouvir as aventuras, e por acaso nao te imagino num camiao


Trouxeram as coisas essa é que é essa.

Olha quando vires o mail, olha que para carro ainda existe estacionamento, agora camiao, torna-se complicado ;-)

Estou a brincar!!!

Beijocas e uma óptima semana

Marshmallow said...

Carlinha, tu nem imaginas as histórias que já vivi à conta do camião. E o estaciuonamento é outra...os meus vizinhos já estão a desesperar...
Ainda hoje uma vizinha me perguntou "Então tá quase?"
claro que respondi que o camião vai ali ficar o resto do mês! Eheheh ;)
Bjs

yevgeny said...

!!!

Tou a ver que se alguma vez tiveres de viajar de comboio chegas lá à bilheteira e perguntas: "quero comprar um comboio, quanto custa?"

lol

Aposto que foi uma bela de uma aventura! Ficou alguma coisa por trazer?

Marshmallow said...

Yevgeny, Lol...

Só mesmo tu para me fazeres dar umas boas gargalhadas! :D

Malta, eu não sou rica...fui ao Ebay,tá?

O problema de viajar de camião é que cabe sempre mais qualquer coisinha, como as 10 caixas de vinho que fomos comprando pelo caminho ou a mesa para a cozinha que compramos em França...

Quando os policias quiseram verificar a carga mal conseguiam abrir a porta de trás!!! ;)

Cassandra666 said...

Ainda bem que conseguiram trazer as vossas coisas. Agora, tudo terá outro sabor!

idaisy said...

Que loucura, que máximo, isto sim é uma aventura!! e agora, o que vão fazer ao camião?

Alexandre e Anabela said...

Isso é que foi uma senhora de uma aventura! Nunca nos passou pela cabeça comprar um camião... mas confessamos que depois de ler o teu post já fomos espreitar ao ebay. Devias escrever um livro só com esta viagem! Aguardamos por mais relatos desta vossa aventura :)
Beijinhos

London Calling said...

Pensei que fosse uma gralha mas...COMPRAR, um camião? ñ ficava mais barato comprar tudo de novo?

Marshmallow said...

Cassandra, encontrei a minha identidade.. :)

Marshmallow said...

Idaisy, ganha a melhor oferta! ;)

Marshmallow said...

Alexandre e Anabela, falta-me o engenho e a arte...mas deixarei uns rascunhos no blog.
Bjinhos

Marshmallow said...

Olá London Calling.
É um pequeno camião de 7.5t. E a ideia é que o custo desta mudança fique unicamente pelo valor do ferry, da gasolina e do Seguro.
Em relação a comprar cá, teria então que vender o que tinha lá e nunca me dariam o valor que paguei por elas, além de que nem sei se encontraria as mesmas peças cá.

Cassandra666 said...

Pois... nós ainda temos a nossa mobília de quarto em Portugal mas não a trazemos porque não cabe nestes cochichos de casas. Por outro lado, dado o que nos custou, dói pensar em vendê-la ao desbarato. É uma treta!

Marshmallow said...

Cassandra, vender ao desbarato é que não! Aguarda.
Com tempo mudas para uma casa maior e depois já podes trazer as tuas coisas.
Vais-te rir mas eu até os candeeiros de parede trouxe. E vou tentar vender algumas peças que já não preciso, cá ainda há quem compre, em Portugal nem dado querem, preferem ir `a loja e pagar a prestações!

Cassandra666 said...

Acredita. Mas sinceramente não me vejo a mudar para uma casa muito maior, pois implicaria uma renda ainda mais elevada. Prefiro pensar na possibilidade de um dia poder comprar uma casinha em Portugal e transportar essa mobília e outras coisas que trouxe para cá de volta. Já começo a cansar de andar com a casa às costas. E depois de ter usado supostamente uma das melhores transportadoras inglesas nesta última mudança e os fulanos conseguirem nicar-me mobílias, coisa que não aconteceu com a transportadora portuguesa que trouxe as nossas coisas desde Portugal... está tudo dito. Antes prefiro pensar em mandar tudo de volta qualquer dia e passar a alugar casas mobiladas.

[***] said...

Por essas e por outras é que pensamos começar a vida lá...
Oh wait... depois temos de trazer as coisas para cá! ;)
Gostei do blog... vou acompanhar!

Marshmallow said...

Olá, obrigada.
Aqui, aí... o que interessa é ser feliz. Bem-vinda!